Novidade na cirurgia para glaucoma e catarata

Pacientes com glaucoma e catarata podem se submeter a uma associação de cirurgias antiglaucomatosas minimamente invasivas. Isto vem sendo empregado em algumas metrópoles na Europa e Estados Unidos. Temos tido o privilégio de realizar essa cirurgia aqui no Brasil com resultados preliminares melhores que com os procedimentos antiglaucomatosos usados isoladamente.

Esta técnica associa duas cirurgias antiglaucomatosas minimamente invasivas e a cirurgia de catarata, todas realizadas na mesma cirurgia e é chamada de ICE Procedure. Associa-se a implantação do iStent Trabecular Micro-Bypass (Glaukos) com a cirurgia de catarata e a ciclofotocoagulação endoscópica (ECP). Ambos iStent e ECP são comprovadamente eficazes e seguros na redução da pressão intraocular. Ao combinar estes procedimentos, tem-se um mecanismo de ação dupla. O iStent aumenta o fluxo de saída do humor aquoso e o ECP diminui sua produção. Com isso, espera-se uma maior redução da pressão intraocular do que com as técnicas isoladas.

A indicação é para pacientes com glaucoma inicial ou moderado e dependentes de colírios para o controle da pressão intraocular. A principal vantagem é evitar as complicações associadas às cirurgias tradicionais (trabeculectomia e implante de drenagem) que funcionam através da criação de uma fístula comunicando a parte interna com a parte externa do olho.

Entretanto, apesar de resultados preliminares promissores, mais estudos e maior tempo de seguimento são necessários para comprovar a segurança e eficácia do ICE Procedure.

 

Clique aqui e veja o vídeo da cirurgia.